Homem morre a espera de uma regulação em Coração de Maria, “Ele passando mal mandei a enfermeira chamar o médico ele não veio”, diz filha

A família do
aposentado Davi Ferreira Santiago de 87 anos, denunciou que a falta de
investimento e de profissionais capacitados na área da saúde na Bahia tem
gerado graves consequências à população e em Coração de Maria não é diferente.
Segundo a
família, o idoso morreu na manhã deste domingo (30), depois de dias internado
no Hospital Ângelo Coronel, a espera de regulação.
Em contato
com o Coração Notícias, Luciene, filha da vítima contou que seu pai, estava
vivo e sentindo muitas dores quando ela procurou uma enfermeira e relatou para
que a mesma chamasse o médico plantonista para salvar a vida do pai, entretanto
o médico plantonista não esteve lá para atender o paciente.
“Sem receber
o devido atendimento na hora nasceria, meu pai acabou falecendo às 7h, se o
médico estivesse indo a enfermaria poderia ter salvado a vida dele”, relatou
indignada a filha.
A angústia
da família de seu Davi, continuou a espera de um médico para liberar o corpo,
foram horas de espera onde o médico só chegou no período da tarde. “Quando ele
(o médico) chegou que liberou o corpo do meu pai”, relatou.

A
coordenadora do HAM, confirmou que o médico que estava escalado para o plantão
na manhã de domingo (30) teve um contratempo e a unidade teve que providenciar
o outro médico que saiu de Salvador para suprir o plantão da unidade.

admin