Ausente do plenário, Carletto votaria pelo arquivamento da denúncia contra Temer

Cíntia Kelly
Dos 39 deputados federais da Bahia, apenas Ronaldo Carletto (PP) não votou nesta quarta-feira (2), na sessão de votação que enterrou a denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB).
Carletto esteve durante todo o dia de ontem na Câmara, mas, não se sabe o motivo, na hora da votação não compareceu. Seu partido, o PP, tinha orientado a bancada a votar pelo arquivamento da denúncia.
Em conversa com o BNews, o deputado Cacá leão (PP), disse Carletto acompanharia o voto determinado pelo partido.
BNews tentou contato com o parlamentar, as  o celular estava desligado.
Carletto pode deixar o PP e engrossar as fileiras do PR, numa articulação feita pelo deputado republicano Jonga Bacellar.
A intenção de Jonga é vitaminar o partido e tentar viabilizar a entrada na chapa de Rui Costa, tendo Carletto como candidato ao Senado. Caso a ideia não seja ‘comprada’ por Rui, há informação de que o partido poderá migrar para a base do prefeito ACM Neto.

admin