Hospital Angelo Martins realizou mais de 700 atendimentos na feira ‘Mais Saúde Perto de Você’ nesta quinta em Coração de Maria.

Criado para oferecer atendimento médico as pessoas que
não tem acesso a algumas expecicialidade, o Hospital Angelo Martins levou o
projeto ‘Mais Saúde Perto de Você’ aos moradores de Coração de Maria, nesta
quinta-feira (03/05). No local, foram oferecidos serviços como consulta com
clínico, cardiologista, ortopedista, ginecologista, nutricionista,
olfaltomologista, ultrassonografia, exames laboratoriais, P.A e glicemia, entre
outros.

A ação, que contou com o trabalho e empenho de 30
profissionais de saúde e teve a organização de Alexandre Silva juntamente com a
direção do hospital e conseguiu atender cerca de 730 pessoas, entre adultos e
crianças durante todo o dia.

De acordo com um dos responsáveis pelo evento Gildo Araújo,
atividades como essa são de extrema importância para prestar serviços básicos
de saúde para quem mais precisa, ou não tem acesso fácil a esses serviços.
“É uma área onde ainda não temos um serviço de saúde
disponível, por isso estamos oferecendo”, contou. 

Essa foi a segunda edição do projeto. A primeira ação do
projeto aconteceu em maio de 2017, aqui mesmo próximo ao hospital, onde cerca
de 410 pessoas receberam atendimentos com as mesmas especialidades disponíveis
hoje. 
De acordo com Gildo, diretor do Hospital, as próximas
atividades acontecerão nos distritos em breve. “Nós já atendermos em apenas um
ano de atividade, mais de 20 mil atendimentos e mais de 2400 cirurgias. Sendo
assim, criamos esse projeto e muito mais vamos oferecer a nossos pacientes”,
concluiu.

Para a dona de casa, Maria, é essencial que a instituição
hospitalar se preocupe com a saúde da população, ofereça condições e preste um
serviço de qualidade para as famílias mais carentes em especial a seu Gildo e
Dona Carina pela atenção com nos pacientes desse unidade hospitalar. 
“Esse projeto é muito bacana porque vai perto da casa
das pessoas. A gente mora distante e certa especialidades e difícil marca e
muitas vezes deixa de ir ao médico pelo deslocamento ser em outra cidade
“, destacou ela.

admin