Bolsonaro teve grave perfuração no intestino grosso e fez colostomia

O candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) foi ferido com uma facada na tarde desta quinta-feira (6) na cidade de Juiz de Fora (MG). De acordo com cirurgião especializado ouvido pelo G1, esse tipo de lesão é grave, mas a recuperação dependerá de como o corpo irá reagir no pós-operatório. Ele pode ficar até 3 meses com uma bolsa externa ligada ao intestino. Internação de Bolsonaro deve durar pelo menos uma semana, diz médico
O quadro de Bolsonaro:
• A lesão no fígado foi descartada após laparotomia exploradora – quando os médicos abrem a barriga para checar quais foram os órgãos afetados;
• O candidato teve um choque hipovolêmico – quando há perda severa de sangue. Após o procedimento médico, o sangramento foi controlado.
• Ocorreu uma lesão de uma veia na região do abdômen, controlada pelos médicos;
• Ocorreu uma lesão transfixante (perfuração) grave no intestino grosso, com importante contaminação fecal, que foi resolvida pelos médicos (fechada);
• Ocorreram três lesões no intestino delgado, que também foram suturadas pelos médicos;
• Ele fez uma colostomia temporária para evitar uma infecção no intestino grosso.
De acordo com o médico Luiz Henrique Borsato, da equipe que atendeu Jair Bolsonaro na Santa Casa de Juiz de Fora, o candidato não deverá ter alta hospitalar antes de “uma semana ou 10 dias”. (G1-foto arquivo do site)

admin