Irará: Comerciante é assassinado em seu local de trabalho; assassinos abordo de moto fugiram

No final da tarde desta quarta-feira (17), por volta das 17h40min, dois indivíduos ainda não identificados, surpreenderam um comerciante em seu local de trabalho e ceifaram a sua vida, desferindo vários tiros de arma de fogo.
Conforme a Polícia, a vítima identificada por Marcos César Cerqueira de Jesus, 42 anos, também conhecido por familiares e amigos por “PIO”, se encontrava em seu estabelecimento comercial quando foi surprendido pelos indivíduos a bordo de uma motocicleta de dados ignorados.
Um dos indivíduos adentrou no estabelecimento comercial (Bar) localizado na Rua Antonio Carlos Magalhães, também conhecida como Rua das Amoreiras – Loteamento Ipê, zona urbana de irará e desferiu vários tiros contra a vítima, enquanto o outro indivíduo aguardava o seu comparsa.
Conforme informações, Marcos Cesar ainda tentou esboçar reação, porém não logrou êxito, foi atingido por vários tiros e caiu na calçada do seu próprio bar, não resistiu aos ferimentos e foi a óbito, quando a viatura do SAMU chegou ao local, nada mais poderia ser feito para salvar a vida do trabalhador.
Marcos Cesar (Pio), foi atingido em várias partes do corpo, braço, cabeça, no rosto e na boca. Os autores do crime fugiram logo em seguida, sentido ignorado. A vítima a cerca de dois anos mais ou menos havia sofrido uma tentativa de homicídio, foi baleado noesse mesmo local, ou seja, o seu bar, naquela oportunidade conseguiu sobreviver, desta vez não teve a mesma sorte.
Pio, era casado, deixou mulher e filhos. Policiais Militares estiveram no local, isolaram a área para a preservação dos indicícios do crime até a chegada da equipe da Polícia Civil chefiada pelo Dr. Antonio Álvaro Schramm – Delegado de Polícia que efetuou o levantamento cadavérico e a equipe de legistas do DPT de Feira de Santana.
Após o levantamento cadavérico e perícias preliminares no local, o corpo de PIO foi levado para o IML do DPT de Feira de Santana, para ser necropsiado e liberado para o sepultamento por familiares. No local, silêncio total, só lamentações dos amigos e conhecido. Este foi o segundo homicídio em menos de uma semana e ninguém viu nada. A Polícia Civil investigará o crime.

admin