Vereador distribui biscoitos Mirabel entre os presentes na Câmara municipal de Coração de Maria

Parlamentar de Coração de Maria reparte pacote de biscoitos de chocolate entre os presentes e também promete entregar um ao prefeito da cidade, para acalmar seu coração.
Nesta segunda-feira, durante a última sessão solene da Câmara Municipal de Coração de Maria, o polêmico vereador Jucimar de Jesus, mais conhecido como Boca (PP), dividiu um pacote de biscoitos de chocolate entre a população que assistia à última sessão solene e alguns parlamentares. Boca protestava contra decisão do presidente da Casa de não realizar coquetel de encerramento dos trabalhos.
Para o parlamentar, a Câmara não tem agido em consonância com os anseios da população, pois, em lugar de defendê-la, tem resguardado interesses do atual prefeito, Edimário Paim (PT). De acordo com ele, a cidade merece respeito e postura; e idosos e crianças são quem mais estão sofrendo com o descaso da gestão atual.

Foto: Divulgação

O protesto desta segunda-feira teria ocorrido, segundo ele, após a recusa imotivada do presidente da Casa, o vereador Marivaldo de Izidório (PPS), em realizar coquetel de encerramento dos trabalhos, para a população que costuma acompanhar as sessões. Em entrevista ao Panorama Geral 1, afirma que, como não houve qualquer festa ou coquetel, decidiu distribuir os biscoitos, já que as pessoas presentes estavam com fome. Boca também pretende entregar um biscoito ao prefeito Edimário Paim, “para ver se acalma o seu coração, afinal, qual criança não gosta de um Mirabel?”, conclui.

Foto: Coração Notícias

Sobre o fato ocorrido, o vereador Marivaldo de Izidório, que está no fim de seu mandato como presidente, afirma que a Câmara não tem dinheiro e que todos os valores que entraram em caixa foram utilizados para pagar os salários dos funcionários e vereadores; e que o valor restante deve ser utilizado para conduzir toda a conjuntura da Casa.
O presidente acrescenta que as prestações relativas ao seu orçamento foram aprovadas pela terceira vez consecutiva pelo Tribunal de Contas dos Municípios e que não ficará preocupado porque “um vereador ou outro falou besteira na Tribuna da Casa” e que dará a resposta na hora certa.

Fonte Panoroma Geral 

admin