Três suspeitos de envolvimento em chacina em Lauro de Freitas, na BA, morrem em confronto com a polícia

Informação foi divulgada pela Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Segundo órgão, homens comemoravam mortes quando foram abordados.

Três homens suspeitos de envolvimento na chacina ocorrida no município de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, na noite de sábado (18), foram mortos em confronto com a polícia no final da tarde deste domingo (19), informou a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Os suspeitos foram localizados por equipes da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar e da Rondesp RMS na região conhecida como Lagoa dos Patos, após a polícia ter recebido uma denúncia.

Um deles foi identificado como Robson Rodrigues dos Santos. Os outros dois ainda seguem sem identificação, diz a SSP.

Com os homens, a polícia disse ter encontrado duas pistolas calibres 9mm, mesmo tipo de arma utilizada nas mortes, e um revólver calibre 38. A SSP informou que exames balísticos serão realizados com o objetivo de confirmar se as armas apreendidas foram as usadas no crime.

No confronto com os policiais, os suspeitos acabaram sendo atingidos e, conforme a SSP, chegaram a ser socorridos, mas não resistiram.

A SSP informou que, investigações preliminares dão conta de que as mortes estão relacionadas à disputa pelo tráfico de drogas na região. De acordo com os policiais, no momento da abordagem, o trio comemorava as mortes ocorridas no dia anterior.

O caso é investigado pela 34ª Delegacia Territorial e pela Delegacia de Homicídios Múltiplos. Ainda de acordo com a SSP-BA, as equipes da 52ª CIPM e da Rondesp RMS intensificavam o policiamento na região desde que ocorreu a chacina.

Caso

A SSP informa que cinco pessoas morreram na chacina, mas a 34ª Delegacia de Portão disse que uma sexta vítima, socorrida para o Hospital do Subúrbio, teve morte cerebral.

Segundo a delegada Quitéria Maria Neta, que apura o caso, quatro homens a bordo de um carro atiraram, primeiro, em Pablo Ferreira dos Santos, 15 anos, na Travessa Santo Antônio, por volta das 19h. Após balear o adolescente, o grupo seguiu com o veículo para a Rua Boca da Mata.

Ainda de acordo com a delegada, ao chegar no local, os homens dispararam contra uma mulher e os dois sobrinhos dela que estavam na porta de casa. As vítimas foram identificadas como Raimunda dos Santos, 35 anos, Raiane Santos, 12, e Guilherme da Silva, 19.

A SSP confirma as mortes de Pablo, Raimunda, Raiane, Guilherme e Rogério. O órgão disse, na noite deste domingo, que ainda não havia confirmação da morte de Arthur. A delegacia de Lauro de Freitas, no entanto, disse que ele teve morte cerebral.

O caso é investigado pela 34ª Delegacia de Portão.

Redação CN