Em negócio bilionário, Natura confirma compra da Avon

Não foi informado se as marcas vão continuar funcionando de maneira separada
A fabricante brasileira de comésticos Naturou informou nesta quarta-feira (22) que comprou a concorrente americana Avon por cerca de US$ 3,7 bilhões (cerca de R$ 15 bilhões). O grupo formado fica avaliado em US$ 11 bilhões, levando em conta os valores das ações.

A operação será feita por meio de troca de ações entre as duas companhias e a Natura vai controlar cerca de 76% do grupo. O restante ficará com acionistas da Avon. A transação ainda deve ser aprovada pelos acionistas das duas empresas e também por autoridades que fiscalizam concentração de mercado. A expectativa é que negócio seja concluído em 2020.

O comunicado diz que este será o “o quarto maior grupo exclusivo de beleza no mundo”, com faturamento bruto anual superior a US$ 10 bilhões, mais de 6,3 milhões de representantes e consultoras, 3.200 lojas, mais de 40 mil colaboradores e presença em cem países.

Não foi informado se as marcas vão continuar funcionando de maneira separada ou se haverá mudanças no portfólio e na relação com o público. A Natura já assumiu as operações da The Body Shop, mas as duas continuaram exitindo de maneira independente.

Redação CN