FEMINICÍDIO: Morre jovem de 19 anos atacada pelo ex-companheiro com ácido sulfúrico

A jovem Mayara Estefanny Araújo, de 19 anos, que foi atingida por ácido jogado pelo ex-marido e um amigo dele, em Recife, morreu na noite dessa quinta-feira (25/7) no Hospital da Restauração. Ela estava internada desde 4 de julho.

William César dos Santos Júnior, 30 anos, ex-companheiro da jovem, e o amigo dele, Paulo Henrique Vieira dos Santos, de 23 anos, estão presos. Eles já haviam sido indiciados pelo Ministério Público de Pernambuco por tentativa de homicídio qualificado, mas com o fato da morte, o promotor responsável deverá reformular a denúncia para homicídio qualificado consumado.

De acordo com o hospital, Mayara precisava passar por uma traqueostomia, para melhorar o estado das vias respiratórias, mas o procedimento foi inviabilizado pela situação do tecido do pescoço. Ela teve o rosto, o pescoço, cabelos, tórax e os membros superiores atingidos pelo ácido.
O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal e deve ser velado e sepultado no Agreste do estado, município em que vive a família da mãe dela.
A Polícia Civil de Pernambuco confirma que Mayara prestou três queixas contra o ex-companheiro no período de 19 dias. Ela também havia pedido uma medida protetiva.

Fonte: Berimbau Noticias

Redação CN