Adolescente de 16 anos é encontrada morta na casa de ex em São Cristóvão

Jovem morava no Largo do Tanque com a mãe

Gislane foi encontrada morta na casa do ex-namorado (Foto: Reprodução)

A estudante Gislane Luiza Herval Cerqueira, 16 anos, foi encontrada morta na casa do ex-namorado, que não teve o nome revelado, no início da tarde desta segunda-feira (26), no bairro de São Cristóvão, em Salvador. A família acredita que o homem, de 32 anos, esteja envolvido no assassinato da vítima.

Em contato com o CORREIO, um familiar da menina informou, por telefone, que Gislane havia terminado uma relação de três anos, há cerca de vinte dias, e teria sido atraída até a casa do rapaz, que morava com o pai, um idoso acamado.

Em nota, a Polícia Militar informou que militares da 49ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/São Cristóvão) foram acionados após a denúncia de que havia uma mulher vítima de espancamento no interior de uma residência situada na Avenida Aliomar Baleeiro.

“A mulher foi encontrada já sem vida. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também acionada via Cicom chegou a prestar os primeiros socorros à vítima no local, mas ela não resistiu. A guarnição isolou a área e acionou o Serviço de Investigação em Local de crime (Silc) para proceder com a perícia e a remoção do corpo”, completa a corporação.

O corpo da menina aguarda a liberação de familiares no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR), de onde segue para o Cemitério Vale da Saudade, em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, para que seja enterrada. Procurada pelo CORREIO, a Polícia Civil informou que ouviu familiares da vítima e confirmou André de Souza Santana, 32 anos, como principal suspeito do feminicídio.

Jornal Correio

Redação CN