MISERICÓRDIA: Mulher comete suicídio no bairro do Baldez, em Conceição do Jacuípe

Uma mulher identificada apenas como “Neguinha”, cometeu suicídio na madrugada desta segunda-feira (2/9), no bairro do Baldez, em Conceição do Jacuípe.

A jovem se enforcou com uma corda dentro do quarto, numa residência localizada na Travessa João Marinho Abade

Segundo informações de populares, o namorado ainda chegou a tentar tirar a corda do pescoço, mas foi constado que Neguinha já estava sem vida.
O corpo foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro para posterior liberação aos familiares.

A tristeza é dos sentimentos humanos o mais doloroso. Todos nós tomamos contacto com ela em algum momento de nossas vidas. A tristeza passageira, a “fossa” ou “baixo-astral”, o “estar down” fazem parte da vida, e são superados após algum tempo. O luto, após a perda de um ente querido, manifesta-se por um sentimento de tristeza e vazio e também é superado com o correr do tempo. Devem-se distinguir a tristeza e o luto normais da depressão.

A depressão é uma doença, como outra doença qualquer, que se caracteriza por uma tristeza profunda e duradoura, além de outros sintomas e que dispõe hoje de tratamentos modernos para alívio do sofrimento que acarreta. A depressão é uma doença bastante comum. A cada ano, uma em cada vinte pessoas apresenta depressão. As chances de alguém ter uma depressão ao longo da vida são de cerca de 15%. Ela se manifesta mais freqüentemente no adulto, embora possa ocorrer em qualquer faixa de idade, da criança ao idoso. É mais freqüente nas mulheres do que nos homens.

Alguns dos sintomas:

Apatia
Falta de motivação
Medos que antes não existiam
Dificuldade de concentração
Perda ou aumento de apetite
Alto grau de pessimismo
Indecisão
Insegurança
Insônia
Falta de vontade de fazer atividades antes prazerosas
Sensação de vazio
Irritabilidade
Raciocínio mais lento
Esquecimento
Ansiedade
Angústia
Vontade de morrer

Redação CN