Motorista de aplicativo suspeito de estuprar passageira é liberado após prestar depoimento

De acordo com a PM, ele confessou ter praticado sexo com mulher, mas de forma consensual. Vítima conta que aceitou copo de água do motorista e acordou duas horas depois em chácara de Rio Preto.

A polícia identificou o motorista de aplicativo suspeito de abusar sexualmente de uma passageira durante uma corrida, nesta sexta-feira (13), em São José do Rio Preto (SP).

De acordo com a Polícia Militar, ele foi levado para a delegacia, onde confessou ter feito sexo com a mulher, mas alegou ter sido consensual. Em seguida, ele foi liberado.

À polícia, a vítima contou que solicitou uma corrida e, durante o trajeto, o motorista ofereceu um copo de água.

Ao beber o líquido, ela ficou desacordada e só foi encontrada duas horas depois nua e com sêmen no corpo em uma chácara, no bairro Estância Jokey Club.

A vítima foi encaminhada para o Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto, onde passou por atendimento médico e foi submetida a exames.

Um boletim de ocorrência como estupro foi registrado. O caso será investigado pela Delegacia da Defesa da Mulher(DDM).

G1 Rio Preto e Araçatuba

Redação CN