Ministério Público pede realocação do ‘Feiraguay’, maior centro de compras populares de Feira de Santana, na Bahia

MP alega que comércio funciona em uma antiga praça pública. Feiraguay tem 615 boxes de vendas, onde trabalham dois mil comerciantes.

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) pediu a realocação do “Feiraguay”, o maior centro de compras populares da cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador.

A decisão foi tomada porque, segundo o MP-BA, o comércio funciona em um espaço público, que é a antiga praça Presidente Médici. O Feiraguay está no local há 25 anos.

Na ação promovida pelo MP-BA, o órgão justifica que o comércio tem que ser realocado em uma área de controle da prefeitura. Atualmente, o Feiraguay tem 615 boxes de vendas, onde trabalham dois mil comerciantes.

De acordo com quem trabalha no local, a média estimada é de que três mil pessoas passem diariamente no centro de compras.

A TV Subaé, afiliada da Rede Bahia, entrou em contato com a prefeitura da cidade, que disse ainda não foi notificada pelo MP-BA.

G1 Bahia.

Redação CN