Avô faz apelo emocionante para encontrar doador de medula óssea para neto com leucemia

“Pelo amor de Deus, gente, por favor, me ajudem salvar meu neto”, disse o idoso.

O jovem Marcus Vinicius, de apenas 17 anos, está internado no Hospital do Câncer de Londrina, no noroeste do Paraná, a espera de uma transfusão de medula óssea. Sofrendo de leucemia, sua vida depende do procedimento, mas até o momento, não foi encontrado nenhum doador compatível.

Desolado, o idoso Valdomiro Justino da Silva, pediu ajuda a RIC Record TV para encontrar alguém que possa salvar seu neto.

“Eu estou fazendo um apelo para o povo londrinense, de toda a região de Cornélio Procópio, de todo lugar, pra vocês dar uma força pra gente, que possa ajudar meu neto. Salvar, dessa vida porque eu não tô aguentando mais. Eu troco a minha vida, pela vida dele. Mas não to tendo condições. Eu já fui lá pra doar, mas eu não posso por causa da minha idade”, declara aos prantos o avô.

Onde doar em Londrina e Cornélio Procópio
Hemocentro do HU R. Cláudio Cavalieri, 156 tel. 3371-2218
18ª Regional de Saúde R. Justino Marquês Bonfim, 27 Cornélio Procópio
O que é transplante de medula óssea?
O transplante de medula óssea consiste na substituição de uma medula óssea doente ou deficitária, por células normais de medula óssea, com o objetivo de reconstituição de uma nova medula saudável.

O que é compatibilidade?
Para que se realize um transplante de medula é necessário que haja uma total compatibilidade entre doador e receptor. Esta compatibilidade é determinada por um conjunto de genes localizados no cromossoma 6, que devem ser iguais entre doador e receptor. A análise de compatibilidade é realizada por meio de testes laboratoriais específicos, a partir de amostras de sangue do doador e receptor.

Quem pode ser doador?
Para se tornar doador de medula óssea é necessário ter entre 18 e 55 anos idade, não ter tido nenhum tipo de câncer ou doença de sangue ou do sistema imunológico.

Portal R7

Redação CN