Foto de criança nordestina em meio ao mar de óleo repercute mundialmente


Manchas de petróleo cru atingem a costa do Nordeste desde 30 de agosto e já chegam a 200 localidades em 78 municípios.
Com a dimensão do problema ambiental, a repercussão é mundial. E nesta quarta-feira (23/10), o jornal inglês The Guardian escolheu e estampou em uma de suas galerias a imagem de um menino nordestino, de 13 anos, que ajudava a coletar resíduos de óleo junto com outros voluntários.
A fotografia foi feita por Leo Malafaia, fotógrafo da Folha de Pernambuco, na praia de Itapuama, Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. A imagem circulou em outros jornais, como Clarín (Argentina), New York Times (Estados Unidos), SVT Nyheter (Suécia) e Hamshahri (Irã), além de Agence France-Presse (AFP), segundo a própria Folha de Pernambuco.

Redação CN