Rato morto é encontrado em pães que seriam servidos em presídio de Alagoas

Entrega dos pães foi suspensa e substituída por bolachas e biscoitos

Um rato morto foi encontrado no meio de pães que seriam servidos no café da manhã do presídio estadual masculino Cyridião Durval e Silva, em Maceió, na manhã do sábado (23).

O animal foi achado por agentes que trabalham no presídio. Em Alagoas, os agentes penitenciários se alimentam do mesmo pão que é produzido para a refeição dos presos.

Em entrevista ao portal de notícias UOL, o vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen), Kleyton Anderson Bertoldo Pessoa, informou que os pães são feitos na noite anterior e dormem na padaria. Somente pela manhã os pães são distribuídos para os presídios.

Segundo o Sindapen, no início do ano a categoria tentou uma negociação com o governo do estado para o recebimento do auxílio, mas até o momento ninguém recebeu.

“Mais uma vez se mostra insustentável o servidor comer da alimentação feita pelo Estado. Reiteradas vezes mostramos imundices e nojeiras como a dessa vez, onde um rato morto amanheceu entre os pães. Não admitiremos mais ser tratados como lixo. Pois trabalhamos com excelência e entregamos ao governo o melhor sistema penitenciário do país, mesmo diante de tantas dificuldades”, disse Kleyton ao UOL.

Rede TV

Redação CN