Turista cai no metrô, é atropelada duas vezes e perde as pernas

Ela acusa a empresa de negligência e afirma que não foi socorrida

Uma turista australiana, de 23 anos, recorreu à justiça após ter tropeçado e caído nos trilhos do metrô de Nova York, em janeiro deste ano, e ter sido atropelada duas vezes na cidade americana. No processo, ela acusa a empresa de negligência e afirma que não foi socorrida.

“Depois do primeiro metrô ter deixado a estação depois de me atropelar, fiquei na linha durante algum tempo até o segundo vagão chegar, me atropelando novamente.

“Se os sensores estivessem funcionando, eu teria sido descoberta e poupada do trauma que acabei sofrendo”, afirmou Visaya Hoffie no processo, segundo o Daily Mail.

Ela recorreu ao Supreto Tribunal de Manhattan, alegando que, na ocasião do seu acidente, as linhas estavam bem iluminadas e que havia sensores para identificar objetos fora do funcionamento, e pediu para acessar as câmeras do dia.

Ela foi submetida a algumas cirurgias e perdeu as duas pernas, do joelho pra baixo. Segundo o jornal New York Post, a empresa que administra o metrô metropolitano de Nova Iorque não se pronunciou.

Redação VN
[email protected]

Redação CN