Menina de 1 ano internada na Santa Casa precisa de doações de sangue

Menina de 1 ano internada na Santa Casa precisa de doações de sangue

O motorista Aguinaldo Alves Barros, 44 anos, pede ajuda da população para que doe sangue para a filha, Maya Heloísa Gaspar Barros, de 1 ano e 6 meses, que está internada na Santa Casa de Campo Grande desde o dia 7 de janeiro. A família reside em Três Lagoas e permanece na Capital até a recuperação da pequena. A preferência é pela tipagem O-, mas toda a ajuda é bem-vinda.

Segundo o pai, Maya nasceu com problemas cardíacos e, aos dois meses de vida, encarou uma cirurgia. “Ela fez cirurgia paliativa, daí mandaram a gente voltar agora. Voltamos, ela estava bem para a cirurgia, mas teve febre, foi quando os médicos adiaram. Entraram com uso de antibiótico, que deu reação e ela só conseguiu fazer a cirurgia no dia 28 de janeiro. Graças a Deus, foi tudo bem. Era uma cirurgia de 10 horas, eles fizeram em sete horas”, conta.

Aguinaldo destaca que a filha pegou uma infecção e agora precisa da ajuda das pessoas. “Ela precisa de plaquetas O-, as pessoas que quiserem doar têm que dar o nome completo dela. A doação deve ser feita no Hemosul, precisamos dessa ajuda para minha filha se recuperar e voltar para casa”.

Questionado sobre permanecer com a filha na cidade, o motorista explica que ficou o mês em que tinha férias no trabalho com Maya e a esposa, Claudineia Dias Gaspar, 36 anos. “Fiquei de férias e, graças a Deus, eu vou poder acompanhar a minha filha, porque eu trabalho para uma pessoa muito boa, que entende o que estou passando e disse que eu posso acompanhar minha filha”.

 

Top Mídia News

Redação CN