Motorista de aplicativo é estrangulado e mordido por passageira durante viagem

O motorista de aplicativo Michael Hassey Jr. foi atacado por uma passageira durante uma viagem em Tampa, na Flórida, nos Estados Unidos.

Em entrevista à emissora NBC, Michael afirmou que estava dirigindo quando recebeu um pedido por meio do aplicativo. “Eu chamei um Uber para a minha mãe, você poderia levar ela para casa em segurança?”, dizia a mensagem recebida. Então, Hassey buscou Michele Stilwell, de 75 anos.

Segundo o motorista, a idosa dormiu a maior parte da viagem. Em um determinado momento, Michele despertou e começou a xingar o condutor. “Ela falou palavrões para mim, me bateu na cara”, contou Michael. Na sequência, a mulher começou a gritar “minha filha”, enquanto o arranhava, estrangulava e o mordia.

De acordo com a NBC, as autoridades acreditam que Michele estava alcoolizada. “É como reviver um filme de terror. O Uber não fez nada. Minha maior lição é que eu ficaria longe do Uber”, desabafou Hassey.

Por meio de um comunicado, a Uber lamentou o episódio. “O que foi descrito é perturbador. Violência de qualquer tipo não é tolerada no aplicativo do Uber e nós removemos o acesso da passageira assim que isso nos foi relatado”, dizia a nota.

Stilwell foi presa sob duas acusações. A NBC conversou com vizinhos da idosa, que afirmaram que este comportamento não condizia com sua personalidade.

 

Mande fotos e vídeos com os acontecimentos de seu bairro ou sua cidade para o nosso WhatsApp (75) 9 8123-9001 ou para nosso email [email protected]
Siga o site Coração Noticias  no Facebook, Twitter e no Instagram.

Fonte: Isto é

 

Redação CN