ABSURDO! Paciente solicita atendimento a central da SAMU e recebe como resposta: “SAMU não é Uber”


Uma paciente que reside no município de Conceição do Jacuípe vivenciou um caso de suposta negligência médica ao solicitar atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).
A situação ocorreu na manhã desta terça-feria (14/9) após a paciente ter reação alérgica a um medicamento, necessitando de atendimento médico. De acordo com um familiar, ela estava queixando-se de fortes dores nas costas e no rim, por isso, foi necessário entrar em contato com a central do SAMU de Feira de Santana, em caratér de emergência.
Conforme o familiar, após solitciar o atendimento e explicar a gravidade da situação que estava ocorrendo, a atendente da central do serviço respondeu que “Samu não é Uber”.
Dada a gravidade do seu estado de saúde, a paciente teve que ser encaminhada para a sala vermelha no Hospital ACM, em Conceição do Jacuípe, no dia do ocorrrido. Segundo relato de familiares a equipe médica afirmou que o seu quadro era grave e caso não tivesse sido atendida a tempo poderia vir a óbito.
Nesta quinta-feira (16/9) o seu quadro clínico apresentou melhora, e ela foi transferida para a enfermaria (ala de internamento), mas continuará internada para tratamento com antibiótico.
A equipe do portal Fala Genefax entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana nesta quarta-feira (15/9) solicitando uma nota a respeito da situação, no entanto, não obtivemos resposta até o momento da públicação desta reportagem

Redação CN