Mulher e filhos libertados de cárcere viviam de forma insalubre

Uma mulher, de 21 anos, e duas crianças foram libertadas por policias da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Vitória da Conquista, depois de um flagrante de cárcere privado, na segunda-feira (22).

O homem, de 29, mantinha a vítima trancada e foi autuado por cárcere qualificado. De acordo com a titular da Deam/Conquista, delegada Gabriela de Diego Garrido, a equipe da unidade deslocou-se para a localidade, no distrito de Inhobim, assim que recebeu a denúncia.

“Localizamos o imóvel lacrado com um cadeado. As vítimas viviam de forma insalubre, pois não tinha nem banheiro na casa. O autor do crime foi preso em uma propriedade, próxima a esse lugar”, detalhou a delegada.

A mulher e os filhos, um com dois anos e o outro de apenas oito meses, foram encaminhados aos serviços de assistência social do município. “Vale destacar que a vítima não teve acompanhamento pré-natal e o parto das crianças foi realizado no domicílio do casal, sem auxílio adequado. Os filhos também não possuíam nenhum tipo de documento”, acrescentou.

O homem está à disposição do Poder Judiciário. A pena prevista para o crime de cárcere privado é de quatro a oito anos.
Informações do Informe Baiano

Redação CN