Facção de macacos mata mais de 250 cães por vingança

Macacos enfurecidos em busca de vingança já mataram 250 cachorros em Maharashtra, na Índia. A retaliação estilo facção criminosa animal ocorreu depois que um grupo de cães supostamente assassinou um bebê primata.

As informações foram publicadas pelos sites Daily Mail e India News 18 nesta sexta-feira (17). Assistir qualquer filme com morte de bichinho já é pesado, imagina, então, vivenciar isso na realidade. Longe de uma guerra estratégica e ficcional, como em ‘Como Cães e Gatos’ (2001) ou até mesmo um pouco mais triste, como em ‘O Rei Leão’ (1994), essa briga da vida real entre macacos e cães está totalmente descontrolada.

Tudo supostamente começou quando cães se reuniram para matar um bebê macaco. Como vingança, os primatas começaram a assassinar cachorros e já tiraram a vida de 250 deles. Os macacos capturam filhotes caninos e os levam até o topo de uma árvore ou de um prédio – e os jogam lá de cima. Crueldade pura.

O problema, agora, chegou nas pessoas. Com poucos cachorros sobreviventes no local após a chacina, os macacos estão indo atrás de crianças. Quando uma criança de oito anos foi agarrada por macacos, os moradores precisaram espantá-los com pedras. A coisa está feia.

Os residentes buscaram ajuda do departamento florestal, que, ao chegar lá, não conseguiu prender um único macaco. Com moradores, então, tendo que ajudar a salvar os cães, algumas pessoas já se machucaram nas perseguições nas alturas aos primatas.

A briga entre as facções animais parece estar longe do fim. Os macacos nada fofinhos se assemelham bastante ao babuíno assassino de ‘Shakma: A Fúria Assassina’, filme de terror de 1990, em que o animal fica incontrolável e sai matando o que vê pela frente.

Informações do Informe Baiano

Redação CN