Mulher é morta a tiros na frente da filha após deixar dívida de mais de R$20 mil

Uma mulher identificada como Maiane de Souza Oliveira, 26 anos, foi morta a tiros na frente da filha menor no distrito de Barrolândia, em Belmonte, Porto Seguro. O homicídio ocorreu na tarde de terça-feira (11/1). Segundo testemunhas, um bandido invadiu a casa de Maiane, e a executou com cerca de 20 disparos.

A filha dela saiu correndo e buscou abrigo na casa de um vizinho.
A polícia informou que Maiane foi assassinada um dia antes de completar 27 anos e era suspeita de atuar como tesoureira de uma facção criminosa com ramificações em várias cidades da Costa do Descobrimento.
Depois que abandonou o crime, ainda de acordo com a informação, ela passou a ser perseguida pelos bandidos, pois teria deixado uma dívida de mais de R$ 20 mil. Maiane havia voltado a morar em Barrolândia há cerca de dois meses. O marido dela já havia sido morto, também por criminosos, em outubro de 2019.

Informações do Fala Genefax

Redação CN