Príncipe Andrew abre mão de cargos honorários após acusação de agressão sexual

O príncipe Andrew, filho da rainha Elizabeth II, do Reino Unido, renunciou aos seus títulos militares e abriu mão de seus cargos honorários nesta quinta-feira (13), de acordo com um comunicado da família real britânica.

“Com a aprovação e a concordância da Coroa, as afiliações militares e patrocínios reais do duque de York [príncipe Andrew] foram devolvidos à rainha”, diz o comunicado, publicado nas redes sociais do Palácio de Buckingham.

A renúncia aos títulos ocorre no momento em que Andrew está enfrentando uma acusação de agressão sexual nos Estados Unidos. Virginia Giuffre afirma que foi abusada sexualmente pelo duque de York em 2001, quando tinha apenas 17 anos de idade. O príncipe britânico nega.

“O duque de York continuará sem assumir quaisquer funções públicas e se defenderá neste caso como um cidadão comum”, finalizou o comunicado da família real britânica.

Informações do Bahia Noticias

Redação CN