Após foto viajando, dentista perde direito a prisão domiciliar

Segundo defesa, ela foi condenada a mais de 15 anos por tráfico

A postagem de uma foto em uma de suas redes sociais, levou Kelen Reolon de Souza, de 39 anos a ter sua prisão domiciliar revogada. A foto com o cenário de Campos do Jordão (SP) acabou revertendo a pena da condenada por tráfico de drogas pela Justiça mineira.

Segundo o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), ela foi reconduzida à prisão depois de ser detida em um bar de Belo Horizonte. Já a defesa alega que a fotografia foi tirada em uma data anterior à da postagem.

A dentista foi condenada a 15 anos e dois meses prisão mas por causa da pandemia, ela havia conseguido o benefício de cumprir a pena em regime domiciliar, podendo se ausentar da sua residência de segunda a sexta, das 6h às 19h30, e aos sábados, entre 6h e 15h, devendo permanecer recolhida aos domingos e feriados.

Mas, de acordo com o Ministério Público, no ano passado, ela descumpriu essa regra e, por isso, a promotoria requereu que ela voltasse para a prisão.

Informações do BNews

redacao