Ex-vereador natural da Bahia é morto dentro de apartamento em Paris

Wagner Santos Silva, ex-presidente da Câmara de Vereadores de Arauá (SE), de 42 anos, foi encontrado morto dentro do próprio apartamento em Paris, na França. As informações são do site UOL.

De acordo com a imprensa francesa, o brasileiro tinha um ferimento de arma branca no tórax. A polícia trabalha com a hipótese de assassinato e o homem que dividia o apartamento com Wagner já foi detido por agentes. O político morreu no último domingo (29), mas a informação foi confirmada pela família dias depois. Wagner nasceu em Salvador, na Bahia, mas começou a carreira política em Sergipe, onde foi vereador da cidade de Arauá em dois mandatos.

Em nota oficial publicada nas redes sociais, a Câmara Municipal de Arauá comentou o caso. “Ser humano que fará falta e deixará saudade em todos que tiveram o privilégio de conhecê-lo. A Câmara Municipal de Vereadores manifesta sinceros sentimentos a todos os familiares e amigos”, pontuou o comunicado.

Os parentes do ex-vereador já iniciaram os procedimentos para trazer o corpo de volta ao Brasil, mas o processo pode ser longo pela espera da investigação dos policiais locais.

redacao