Cantor Henrique, da dupla com Juliano, deixa arma em hotel e episódio vira caso de polícia

O cantor Henrique, da dupla Henrique e Juliano, teve a arma apreendida pela polícia em Americana (SP) no último sábado (11/6). O sertanejo esteve na cidade para se apresentar na noite de abertura da 34ª Festa do Peão, e deixou a pistola e munições, dos quais possui o porte, no quarto do hotel. Os funcionários que localizaram a arma acionaram a Polícia Militar. A assessoria da dupla nega a apreensão do armamento.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou, nesta terça-feira (14), que o caso foi registrado como apreensão de objeto no 2º Distrito Policial de Americana.
“A arma foi apreendida e, após identificar que o registro e os documentos estavam regularizados, foi devolvida ao proprietário”, diz o texto.
O funcionário Do hotel onde o fato ocorreu não quis comentar o episódio. A gerência do local também foi procurada para comentar o caso, e o texto será atualizado assim que ela se manifestar.
Em nota, a assessoria de Henrique e Juliano disse que o cantor seguiu para Minas Gerais, onde faria show na cidade de Pedro Leopoldo (MG), e que, como voltaria para Americana, a arma foi deixada no hotel junto de outros itens pessoas.
Entretanto, com a mudança de planos do cantor, ele teria comunicado o hotel, por meio da equipe, e pedido a um policial para retirá-la.
O texto ainda ressalta que Henrique compete em alguns modalidades de tiro esportivo, e que sempre que possível se dedica a treinar em “locais adequados”.
Veja a nota na íntegra:
“O cantor seguiu para o show de Pedro Leopoldo/MG, com programação de voltar para Americana/SP devido a um compromisso pessoal. Por este motivo a arma ficou em segurança junto a outros itens pessoais no hotel em que estava hospedado.
Com a mudança de planos, Henrique tomou o cuidado de avisar o hotel através de sua equipe sobre a arma em seu quarto e, pediu para um policial retirá-la. Assim, estaria sob os cuidados de um agente de segurança e não de uma pessoa sem capacidade técnica para porta-la, evitando extravio.
Vale lembrar que um membro de sua equipe ainda estava hospedado, mesmo assim o cantor preferiu que a arma fosse retirada por uma pessoa capacitada. A arma foi entregue em mãos ao cantor, lacrada e com o devido cuidado.

Henrique também é competidor em algumas modalidades de tiro. Portanto, sempre que possível, dedica um tempo para treinar em locais adequados. Inclusive, no próximo domingo, 19 de junho, ocorrerá a etapa estadual em que irá competir.”

redacao