Celular explode em rosto de agricultor e atinge olho direito

Um agricultor sofreu um acidente com um celular no último domingo (10/7), em Pedra Branca, interior do Ceará. Leandro Brasil Silva, de 28 anos, havia comprado o celular há três meses, e estava utilizando o aparelho quando explodiu. O acidente atingiu o rosto do jovem, especialmente na região do olho direito. Ele vai fazer exames para avaliar se há risco de perder o olho, segundo a irmã dele, Niviana Brasil Silva.

A família diz que Leandro havia comprado o celular há três meses, e que o aparelho não estava carregando no momento da explosão. Leandro estava com outros familiares em um sítio onde a mãe dele reside, quando o acidente aconteceu.
Niviana relatou que estava em outro cômodo da residência quando ouviu os gritos do agricultor. “O celular começou a inchar, e ele tentou tirar a ‘capinha’ para ver o que aconteceu, foi quando o celular explodiu no olho dele. Trouxemos ele às pressas para o hospital”, disse a agricultora.

“Ele gritava ‘meu olho estourou’, aí a gente perguntou o que tinha acontecido e ele contou. A gente viu o celular pegando fogo, mas quando tentamos chegar perto, o nosso olho começou a arder por conta da fumaça”, falou a irmã.
Niviana disse que o irmão pagou cerca de R$ 3 mil no celular, comprado em uma loja online do município de Senador Pompeu, também no interior. Ela disse que familiares entraram em contato com o estabelecimento, que alegou já ter acabado a garantia de três meses da compra.
“Algum culpado tem de aparecer, porque o celular era novo. A gente não quer dinheiro de ninguém, a gente quer a saúde do meu irmão”, declarou.

redacao