Polícia Civil salva homem que seria executado pelo “tribunal do crime”


Um homem de 27 anos escapou da morte, na tarde de segunda-feira (2/1), ao ser salvo por policiais civis.
Ele estava sendo torturado pelo “tribunal do crime”, em uma região de vegetação densa nos fundos do bairro Arnaldão, na zona norte de Eunápolis.
Agentes do Serviço de Inteligência da Delegacia Territorial foram ao local após uma denúncia anônima. Os policiais entraram na mata e, após ouvirem gritos por socorro, encontraram a vítima amarrada a uma árvore, com vários hematomas e ferimentos.
O homem foi agredido com pedaços de madeira por cerca de cinco criminosos. Ninguém foi preso.
Ele foi socorrido ao Hospital Regional e disse que não sabe o motivo das agressões. O caso está sendo investigado.

redacao